O Projeto

Projeto Africano de Reflexões Cristão-Muçulmanas

História
2010, O Projeto Africano Cristão e Islã

Em 2010, o Dr. John Azumah, ex-diretor do Centro de Estudos Islâmicos da Escola de Teologia de Londres (Reino Unido), começou o Projeto Africano Cristão e Islã. É uma busca por uma abordagem cristã africana crítica ao Islã.  A finalidade do projeto é analisar as várias maneiras pelas quais os cristãos africanos encontraram  ao longo dos anos, resposta  e envolvimento com o Islã e  muçulmanos, com o intuito de alcançar instituições e estudar lições para formas de engajamento muito mais bíblica, teológica e missiológica no contexto africano contemporâneo. O projeto organizou 2 conferências (2010 e 2012) e publicou um livro.

2020, O Cristão Africano – Projeto Reflexões Muçulmanas

 Após dez anos, Moussa Serge Traore que fazia parte do The African Christian and Islam Project, sintetizava um projeto mais dialógico, incluindo estudiosos muçulmanos africanos. Ele convidou um muçulmano africano
estudioso da área, Omar Sillah. Deste modo, ambos criaram o Projeto Africano de Reflexões Cristão-Muçulmanas.

Iniciadores e coordenadores do projeto

Moussa Serge Traore

Ele é do Burkina Faso, nasceu na Costa do Marfim. É,  Padre católico membro da Sociedade Missionários da África. Uma Sociedade Missionária Internacional dedicada às Relações Cristã-Muçulmanas. Mestre em Estudos de Religiões e Culturas, especialização Islã, pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma-Itália), Certificado de Islamologia pelo Pontifício Instituto de Estudos de Árabe e Islâmico (Roma-Itália).

 Omar Sillah, da Gâmbia, (Ph.D.)

É um estudioso muçulmano da Gâmbia. Universidade Pontifícia de São Tomás, Roma, Itália. Certificado de Graduação, Pluralismo Religioso Shalmon Hartman Institute, Departamento de Osher para Pluralismo Religioso, Jerusalém, Israel, B.A. em Ciências Sociais: Pontifícia Universidade Angelicum, Roma, Itália., Licença: Ciência Política e Relações Internacionais Pontifícia Universidade Angelicum, Roma, Itália
Graduação e bolsa de estudos, certificado, Fundação Russell Berrie para o Diálogo Inter-Religioso, Instituto de Educação Internacional e Centro de Diálogo Inter-Religioso Papa João Paulo II, Master of Arts, Estudos Inter-Religiosos Pontifícia Universidade Gregoriana, Roma, Itália. Diploma, Escola Internacional de Jurisprudência Política, Política Internacional, Desenvolvimento e Cooperação (SPICeS), Roma, Itália, Ustathia / MA em Civilização Islâmica Universidade Ezzaituan, Tunis, Tunísia.

Quem pode ser membro do projeto?

• Africanos

 • Bolsista (Mestrado e Doutorado)

• Estudantes das relações cristão-muçulmanas, estudos islâmicos e  estudo do cristianismo.

• Sem taxa de associação

Instituições Parceiras
  • • Instituto Sanneh (Gana)
Questões de pesquisa

• O que poderia ser um entendimento Islâmico Africano do Cristianismo?

• O que poderia ser uma compreensão Cristã Africana do Islã?

 • Como poderia ser a perspectiva Africana específica sobre as relações entre Cristãos e Muçulmanos?
• Quais são os reflexos específicos dos estudiosos Africanos sobre temas relacionados às relações entre Cristãos e Muçulmanos? (como casamento de muçulmano-cristão…)

• Como poderia ser a perspectiva Afro-Cristã-Muçulmana das religiões originais da África?

Objetivo

• A contribuição específica de estudiosos Africanos no campo dos estudos Cristão-Muçulmanos •

Uma busca por uma perspectiva Africana exclusiva sobre relações entre Cristãos e Muçulmanos.

• Promover estudiosos Africanos no campo de estudo da coexistência religiosa na África.
• Promover a pesquisa acadêmica de Africanos no campo do Cristianismo e do Islamismo na África e nas religiões originais da África.
 
• Promover e aprofundar a compreensão Muçulmano-Cristã.

Publicações

• Livros sobre temas específicos: Trabalhos Acadêmicos de estudiosos Africanos.

• Artigos acadêmicos

Atividades

• Site (Resenha, reflexões acadêmicas não publicadas, apresentação de nossas publicações, recursos on-line: bibliografia, tese, manuscritos …) • •Conferência.

• Livro (trabalhos acadêmicos apresentados na conferência).

 Financiamento

• Doação gratuita de benfeitores

• As conferências e publicações serão apresentadas as agências internacionais de financiamento.

%d bloggers like this: